Notícias

  • Pesquisadores do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), órgão vinculado à Secretaria da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag), da Universidade Federal de Viçosa (UFV), do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) e do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), envolvidos em gestão espacial de informações relacionadas a dados de mapeamento de solos, reuniram-se na última quarta-feira (14), na Unidade Central de Gestão do Sistema Integrado de Bases Geoespaciais do Estado do Espírito Santo (Geobases) para decidirem sobre aprimoramentos na estruturação da base de informações hoje existente.
  • As instituições que integram o Geobases assinaram aditivo ao convênio de cooperação mútua para manutenção, operacionalização, uso, atualização, disponibilização, compartilhamento e intercâmbio de informações geoespaciais básicas sobre o Estado do Espírito Santo. Por meio deste aditivo, a partir de agora, o Sistema Integrado de Bases Geoespaciais do Estado do Espírito Santo (Geobases) é oficialmente reconhecido como atividade permanente e contínua que perdura enquanto houver interesse das instituições que o integram.
  • A equipe da Unidade Central do Sistema Integrado de Bases Geoespaciais do Estado do Espírito Santo (Geobases) apresentou às autoridades dos municípios do Extremo Norte o trabalho que pode ser desenvolvido para demarcar os limites municipais da região. A solenidade foi realizada nessa quinta-feira (03), no município de Nova Venécia, e contou com cerca de 50 participantes. A atividade foi uma iniciativa da Associação dos Municípios para o Desenvolvimento Sustentável do Extremo Norte Capixaba – Consórcio Prodnorte, em conjunto com o Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper) e a Secretaria de Estado de Governo (SEG).
  • Profissionais do Estado envolvidos em gestão espacial de informações reuniram-se na última terça-feira (25), na Unidade Central de Gestão do Sistema Integrado de Bases Geoespaciais do Estado do Espírito Santo (Geobases), localizado na sede do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper). O evento, formalizado como reunião do Grupo de Apoio Técnico do Geobases (Gateg), teve o objetivo de discutir as formas de suprir, até maio de 2014 (e, após essa data, de maneira permanente), a supervisão estadual do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que atua na construção da base territorial que será usada para receber a base censitária referente à contagem da população e censo agropecuário no ano de 2016.
  • Profissionais do Estado envolvidos em gestão espacial de informações reuniram-se na última quarta (26), na Unidade Central de Gestão do Sistema Integrado de Bases Geoespaciais do Estado do Espírito Santo (GEOBASES), localizado na sede do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper). A atividade consistiu em uma oficina de uso de ferramentas e procedimentos da chamada "Interface Geográfica de Gestão Municipal".

COVID-19 - ACOMPANHE A EVOLUÇÃO DO CORONA VÍRUS NO ES

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard
Google Analytics JS novo