Como acessar os serviços WMS e WFS?

<< Tutoriais para uso da IDE

A OGC definiu padrões de serviços WEB para os recursos geoespaciais com a finalidade de garantir a interoperabilidade de dados independentemente da plataforma utilizada. Dentre esses padrões, o GEOBASES disponibiliza serviços WMS e WFS que podem ser definidos como:

  • Web Map Services (WMS): Consiste em um serviço para geração de mapas, que será composto por uma representação visual e não pelos dados em si. Esse tipo de mapa é apresentado como um arquivo de imagem como PNG, GIF e JPG ou em formato vetorial como Scalable Vector Graphics (SVG) e Web Computer Graphics Metafile (WebCGM) (OGC, 2006).
  • Web Feature Service (WFS): Serviço capaz de recuperar feições espaciais. É disponibilizado em duas versões: a versão básica possibilita apenas a função de consulta, já a versão transacional propicia além da consulta também a edição de feições (MEDEIROS, 2010).

Ambos são serviços online que a partir de softwares de geoprocessamento permitem a solicitação de acesso a servidores de mapas via URL. A maior diferença entre os dois serviços é a maior interatividade proporcionada pelo WFS, visto que o WMS gera apenas um arquivo de visualização (imagem).

Assim, além da possibilidade de download e criação de mapas online em seus navegadores geográficos, a IDE do GEOBASES oferece os serviços WFS e WMS de todas as camadas para que seus usuários possam acessar esses dados através de um SIG (QGIS, ArcGIS, Kosmo, gvSIG, etc)

As URLs desses serviços estão disponíveis na página inicial da IDE do GEOBASES, e é possível copiá-las apenas com um clique sobre o ícone.

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard
Google Analytics JS novo